foto rio do sulNovos olhares para a Socioeducação, trazendo a Base Nacional Comum Curricular – BNCC – para o contexto socioeducativo de maneira ampla, porém, objetiva.

É o momento de reeducação, de reconstrução de perspectivas e garantias de direitos à educação de qualidade com a parceria da Escola de Educação Básica Francisco Altamir Wagner. Equipe de Professores dispostos a enfrentar os desafios da educação inovadora.

Vamos em Frente, “Juntos somos mais Fortes”.

ParceriasNo dia 30 de janeiro de 2020 foi feita uma visita à propriedade rural do produtor de maracujá, Jociano Padilha Rosso, localizada no bairro Sanga da Toca em Araranguá – SC, com o intuito de conhecer o processo do cultivo da fruta e verificar a possibilidade da implantação de um pomar na Unidade de Internação Socioeducativa de Criciúma – SC.

Participaram da visita os Agentes de Segurança de Medidas Socioeducativas Mauricio Ramos Pereira e Paulo Adames, os instrutores de horta Rafael Zanela da Silva e Acácio dos Santos.

A implantação do pomar tem como finalidade proporcionar aos adolescentes internados no Case de Criciúma, mais atividades para que possam cumprir o tempo que estiverem na unidade com mais qualidade.

Ficou acordado com o produtor que ele fornecerá as mudas de maracujá, adubo, defensivos agrícolas e fará o acompanhamento do plantio e colheita. Ainda ficou acordado que ele fará a venda dos frutos e repassará uma porcentagem dos lucros para a unidade, lucro este que será utilizado para comprar equipamentos para a unidade.

JaiceQuando ouvimos a palavra sustentabilidade, rapidamente associamos o termo a uma maior conscientização sobre as diferentes formas de preservar o meio ambiente. De fato, a sustentabilidade é a ideia de utilizar a natureza para atender as necessidades da sociedade sem comprometer as gerações futuras e ensinar esta lição aos alunos pode significativamente mudar os rumos da relação homem e meio ambiente.

Atitudes simples como a oficina de montagem de cadernos do Centro Socioeducativo Regional de São José materializam a mudança de velhos hábitos. Neste mês de janeiro os adolescentes confeccionaram seus próprios cadernos, totalizando mais de 300 unidades, tudo isso reaproveitando os que já haviam sido utilizados nos anos anteriores. O processo consistiu em separar as folhas brancas dos cadernos utilizados, elaborando novas capas com papel de cor parda, grampear as folhas unindo-as com as capas e customizá-las com belas figuras retiradas de livros e revistas em desuso.

DEASE - Departamento de Administração Socioeducativa

Rua Fúlvio Aducci, 1214 – 2º Andar – Estreito
Florianópolis - SC - CEP 88.075-000 - Fone: (48) 3664-5800
Horário de Atendimento: 12h às 19h
JSN Boot template designed by JoomlaShine.com