Na medida socioeducativa de Semiliberdade, devemos possibilitar a inclusão social dos adolescentes, garantindo o efetivo cumprimento dos direitos fundamentais previstos no ECA e buscando contemplar o fortalecimento dos vínculos familiares e comunitários.

Neste sentido, a Casa de Semiliberdade de Criciúma proporciona aos socioeducandos que possuam idade, interesse e o grau de escolaridade necessário, o encaminhamento para o mercado de trabalho. Um dos internos que atendeu aos requisitos participou de entrevistas em empresas próximas à Unidade, tendo retorno positivo para fazer um teste na fruteira do bairro. O socioeducando foi aprovado no teste, admitido como repositor, possuindo agora um emprego formal, com carteira assinada e com todos os direitos trabalhistas.

Foto Mercado de trabalho

Outro caso de sucesso foi de um adolescente incluído no Projeto “Ser Empreendedor de Sonhos”, ofertado por uma OSC de Criciúma. O jovem concluiu o curso e foi encaminhado para uma entrevista de emprego, passou por três etapas e foi admitido também em regime de CLT, ou seja, com contrato de trabalho e carteira assinada pelo empregador.

Foto Mercado de trabalho 2

Cabe citar a Cartilha do SINASE, que nos diz segundo o Paradigma do Desenvolvimento Humano do Programa das Nações Unidas para o Desenvolvimento (PNUD):                                                                Foto Mercado de trabalho 3 copy           

 

 

 

Entende-se que, no decorrer do processo do socioeducativo de um adolescente, o envolvimento dos atores é de extrema necessidade para o sucesso no cumprimento da medida para seu retorno ao convívio social.

O Dease, através da Superintendência Psicossocial e Saúde, realiza ações de saúde com o intuído de divulgar e atualizar as equipes da Unidades Socioeducativas frente a temas de grande importância dentro das atividades realizadas junto aos adolescentes que cumprem medida socioeducativa. Mensalmente são divulgados informativos sobre campanhas de vacinação do Ministério da Saúde e datas comemorativas relacionadas à saúde.

Neste primeiro informativo as ações serão focadas no calendário do mês de abril:

           

CALENDARIO MÊS DE ABRIL

Dia 02 – Dia Mundial da Conscientização do Autismo;

Dia 04 – Dia Nacional do Portador da Doença de Parkinson;

Dia 06 – Dia Mundial da Atividade Física;

Dia 07 – Dia Mundial da Saúde;

Dia 17 – Dia Mundial de Conscientização da Hemofilia;

Dia 24 – Dia Mundial de Combate à Meningite;

Dia 26 – Dia Nacional de Prevenção e Combate à Hipertensão Arterial.

 

ABRIL AZUL - MÊS DE CONSCIENTIZAÇÃO DO AUTISMO

Autismo

O Transtorno de Espectro Autista (TEA) é um distúrbio do neurodesenvolvimento caracterizado por desenvolvimento atípico, manifestações comportamentais, déficits na comunicação e na interação social, padrões de comportamentos repetitivos e estereotipados, podendo apresentar um repertório restrito de interesses e atividades.

Sinais de alerta no neurodesenvolvimento da criança podem ser percebidas nos primeiros meses de vida, a prevalência é maior no sexo masculino. A identificação de atraso no desenvolvimento, o diagnóstico oportuno de TEA e encaminhamento para intervenções comportamentais e apoio educacional na idade mais precoce possível, pode levar a melhores resultados em longo prazo, considerando a neuroplasticidade cerebral.

O diagnóstico de TEA é essencialmente clínico, feito a partir das observações da criança, entrevistas com os pais e aplicações de instrumentos específicos. Instrumentos de vigilância do desenvolvimento infantil são sensíveis para detecção de alterações sugestivas de TEA, devendo ser devidamente aplicados durante as consultas de puericultura na Atenção Primária à Saúde. O relato/queixa da família acerca de alterações no desenvolvimento ou comportamento da criança tem correlação positiva com a confirmação diagnóstica posterior, por isso, valorizar o relato/queixa da família é fundamental durante o atendimento da criança.

 

DIA MUNDIAL DA ATIVIDADE FÍSICA

Atividade física

O termo “atividade física” não deve ser confundido com “exercício”, que é uma subcategoria da atividade física e é planejada, estruturada, repetitiva e tem como objetivo melhorar ou manter um ou mais componentes do condicionamento físico. A atividade física moderada e intensa traz benefícios para a saúde.

Em todo o mundo, um em cada cinco adultos e quatro em cada cinco adolescentes (com idade entre 11 e 17 anos) não praticam atividade física suficiente. Alguns grupos populacionais têm menos oportunidades de terem uma vida mais ativa, entre eles: meninas, mulheres, pessoas idosas, com menos recursos financeiros, com deficiências e doenças crônicas, populações marginalizadas e povos indígenas.

A atividade física regular é fundamental para prevenir e tratar Doenças Crônicas não Transmissíveis (DCNTs), como as cardíacas, acidentes vasculares cerebrais, diabetes e câncer de mama e de colo do útero. Essas enfermidades são responsáveis por 71% de todas as mortes no mundo, incluindo as mortes de 15 milhões de pessoas por ano com idade entre 30 e 70 anos.

 

DIA MUNDIAL DA SAÚDE

Saúde copy

 

Criado em 1950, o Dia Mundial da Saúde tem como objetivo garantir o melhor nível de saúde para as pessoas em todo o mundo, através da divulgação de temas importantes para a sociedade e que possam contribuir com a melhoria da qualidade de vida.

O conceito de saúde definido pela OMS é amplo e não se restringe apenas a ausência de enfermidades, mas sim a “um estado de completo bem-estar físico, mental e social e não somente ausência de afeções e enfermidades”.

O tema deste ano, “O nosso planeta, a nossa saúde”, serve como um lembrete oportuno da ligação inextricável entre o planeta e a nossa saúde, à medida que o fardo das doenças não transmissíveis e infecciosas aumenta em paralelo com a incidência crescente de desafios relacionados com o clima.

 

DIA NACIONAL DE PREVENÇÃO E COMBATE À HIPERTENSÃO ARTERIAL

Hipertensão

A Hipertensão é uma doença crônica muitas vezes assintomática e muito frequente na população. Além disso, a hipertensão é um dos fatores de risco modificáveis mais importantes para as doenças cardiovasculares, que são as principais causas de morte e hospitalização no Brasil e no mundo.

A hipertensão é caracterizada pela elevação sustentada dos níveis de pressão arterial, acima de 140x90 mmHg (milímetros de mercúrio), popularmente conhecida como 14/9 – o primeiro número refere-se à pressão máxima ou sistólica, que corresponde à contração; o segundo, à pressão do movimento de diástole, quando o coração relaxa.

Dor de cabeça frequente, tonturas, falta de ar, palpitações e alterações na visão podem ser sinais de alerta para o problema. No entanto, a hipertensão geralmente é silenciosa, sendo importante sua aferição regularmente.

Tem como principais causas a obesidade, histórico familiar, estresse, o consumo exagerado de sal que, associados a hábitos alimentares não adequados, colaboram para o surgimento da hipertensão.

Na grande maioria dos casos a hipertensão não tem cura, mas pode ser controlada. Nem sempre o tratamento significa o uso de medicamentos, sendo imprescindível adotar um estilo de vida mais saudável, como mudança de hábitos alimentares, redução no consumo de sal, prática de atividade física regular, não fumar e moderar o consumo de álcool, entre outros.

 

CAMPANHAS DE VACINAÇÃO

Vacinação 1

Vacinação 2

Fonacriad 4

Brasília sediou de 23 a 25 de março a 1ª Reunião Técnica do Fórum Nacional de Dirigentes Governamentais de Entidades Executoras das Políticas de Promoção e Defesa dos Direitos da Criança e do Adolescente - Fonacriad 2022.

Nesta edição participaram 25 Estados que contribuíram para a troca de experiências sobre os problemas e estratégias na ressocialização de adolescentes privados de liberdade. Santa Catarina foi representada pelo Diretor-Geral do Dease, Zeno Augusto Tressoldi.

Dentre várias pautas discutidas, ocorreu a eleição para composição da nova mesa diretora:

 

Presidente: Iberê Junior / MT

Vice-presidente: Sorimar Sabóia / MA

1ª Secretária: Regina Afonso / BA

2º Secretário: Zeno Tressoldi / SC

 

Delegados:

Norte: Antônio Francisco / RO

Sul: Fernanda Ascolese / RS

Sudeste: Fabiana Malheiros / ES

Centro-Oeste: Tatiana Rezende / MS

Nordeste: Roberto Bassan / CE

 

O Fórum é um espaço de debates sobre desafios e soluções relativos à gestão e execução de medidas socioeducativas em todo o Brasil. O objetivo é articular a fortalecer a política de atendimento ao adolescente em conflito com a lei. 

Fonacriad 5

Fonacriad 3

DEASE - Departamento de Administração Socioeducativa

Rua Fúlvio Aducci, 1214 – 2º Andar – Estreito
Florianópolis - SC - CEP 88.075-000 - Fone: (48) 3664-5800
Horário de Atendimento: 12h às 19h
JSN Boot template designed by JoomlaShine.com