Dando continuidade às atividades relacionadas ao Setembro Amarelo, o Casep de Curitibanos, de 10/09 a 17/09, realizou a Oficina “Setembro Amarelo”, com o objetivo de conscientizar os reeducandos sobre a prevenção do suicídio.

As atividades foram realizadas por cada profissional que compõe a Equipe Técnica e por dois convidados, o psicólogo Greison Rocha, com a palestra remota “Prevenindo a Depressão e suas consequências” e da jornalista Kalyane Alves, apresentando o seu projeto on-line nas plataformas digitais “Eu me importo”, que desenvolveu após passar pelo tratamento da depressão e ser diagnosticada com Transtorno de Humor Bipolar.

Para encerrar as atividades de conscientização a equipe realizou uma oficina culinária sobre os alimentos que combatem a depressão, através da apostila confeccionada pela Assistente Social Tatiane Penha e pelo Instrutor Sebastian Tadeu. É uma forma de oportunizar aos adolescentes a ressignificação do cotidiano, trazendo  a eles diferentes saberes, costumes e introduzir novos hábitos que são fundamentais para o sucesso das mudanças alimentares e o combate da depressão.

Setembro amarelo Curitibanos fotos

Em Rio do Sul o Casep realizou diversas atividades, como a produção de um panfleto contendo as principais causas de suicídio, uma roda de conversa para debater o assunto, a produção de um quadro de emoções para os profissionais expressarem seus sentimentos e a confecção de um arco de balão para gerar conscientização. 

A equipe da Unidade também produziu um laço amarelo com girassol e entregou para os colaboradores utilizem fixado na roupa.  Outra ação de ativação foi fazer um saquinho com sementes de girassol que foi entregue para os colaboradores e para pessoas fora da Unidade.

Setembro amarelo Rio do Sul

Na Casa de Semiliberdade de Caçador atividades de conscientização sobre o Setembro Amarelo e a importância da prevenção ao suicídio foram desenvolvidas com os adolescentes que cumprem medida socioeducativa naquela Unidade.

Uma palestra informativa em que foi abordada uma dinâmica “quebra gelo” com procedimentos de ajuda para pessoas com sintomas suicidas, além de um vídeo da Campanha Setembro Amarelo e a confecção de um girassol em EVA, como símbolo de ajuda, marcaram as ações na Unidade.

Foto Setembro Amarelo

 

Durante todo o mês de setembro diversas atividades especiais estão sendo desenvolvidas nas Unidades Socioeducativas administradas pelo INECES - Instituto Nacional de Erradicação da Carência Escolar e Social, com a finalidade de proporcionar aos socioeducandos reflexões sobre a saúde mental, o autocuidado, bem como de disseminar a ideia da prevenção ao suicídio.

O Casep de Joaçaba proporcionou uma roda de conversa para debater a temática da campanha do Setembro Amarelo. Os adolescentes também confeccionaram uma flor de artesanato, representando o símbolo da vida com uma frase de autocuidado e um cartaz de com mensagem de incentivo. Com o auxílio da pedagoga da Unidade, o material produzido foi exposto em um espaço estratégico na escola onde os adolescentes estudam.

Casep Joaçaba setembro amarelo

No Casep de Joinville, foram desenvolvidos diversos momentos de reflexão, rodas de conversa e atividades, repassando aos adolescentes sobre a história do jovem Mike Emme, que deu origem ao movimento. Após essa imersão na história, os socioeducandos produziram o laço amarelo e a árvore da esperança e, com a orientação da psicóloga da Unidade, discutiram sobre prevenção e conscientização sobre o suicídio e confeccionaram frases sobre a valorização da vida.

Casep Joinville setembro amarelo

Na Casa de Semiliberdade de Blumenau os adolescentes confeccionaram um mural acolhedor com materiais didáticos como recortes e colagens, que ficará exposto no refeitório.  A arte representa uma árvore com mãos e o laço amarelo símbolo da campanha de prevenção ao suicídio. Os adolescentes também fizeram um desenho no painel de entrada da Unidade. A ideia é gerar um acolhimento das pessoas que chegam e circulam pelo local.

CSL Blumenau setembro amarelo

No mês da prevenção ao suicídio, o Casep de Blumenau realizou um cine debate. Os adolescentes assistiram ao filme “Ferrugem” que conta história de uma adolescente que sofre cyberbullying e acaba cometendo suicídio. Depois da exibição do filme, houve uma roda de conversa onde os socioeducandos puderam debater e refletir sobre os temas do Setembro Amarelo como saúde mental e a valorização da vida. 

A atividade tem o objetivo de proporcionar aos adolescentes uma ampla reflexão sobre a quebra de tabus ao falar sobre o tema, levando em consideração a importância do apoio emocional e os cuidados e prevenção sobre sua própria saúde mental e a do outro. A atividade também reforça o sentimento de empatia e respeito ao próximo.

Casep Blumenau setembro amarelo copy

Setembro é o mês dedicado à prevenção do suicídio. O movimento “Setembro Amarelo” teve início nos Estados Unidos, em 1994, quando Mike Emme, com apenas 17 anos, cometeu suicídio. O adolescente era conhecido por sua personalidade carinhosa e habilidade mecânica, tendo restaurado e pintado de amarelo seu Mustang 68. Seus pais e amigos não perceberam que o jovem tinha sérios problemas psicológicos e não conseguiram evitar sua morte.

No funeral, os amigos resolveram distribuir cartões amarrados com fitas amarelas com a mensagem: “Se precisar, peça ajuda”. A fita amarela foi escolhida como símbolo do programa que incentiva aqueles que têm pensamentos suicidas a buscarem ajuda e desde então, a ação ganhou proporções e expandiu-se pelo mundo.

Conscientes da importância do cuidado com a saúde mental, durante o mês de setembro o Casep de Xanxerê estará abordando esta importante temática com os adolescentes em cumprimento de medida socioeducativa e demais colaboradores, através de atividades e palestras referentes ao assunto, ressaltando-se a importância de observar e identificar possíveis sinais, a prevenção e formas de acolhimento. Através dessas ações busca-se a conscientização sobre os fatores de risco para o comportamento suicida e orientação na busca do tratamento adequado, a fim de promover a valorização da vida.

Setembro amarelo Casep XXE 2021 copy copy

DEASE - Departamento de Administração Socioeducativa

Rua Fúlvio Aducci, 1214 – 2º Andar – Estreito
Florianópolis - SC - CEP 88.075-000 - Fone: (48) 3664-5800
Horário de Atendimento: 12h às 19h
JSN Boot template designed by JoomlaShine.com