Foto capa Sarau

O Casep de Curitibanos, juntamente com a Coordenadora Débora Aparecida Mendes, realizou o “Primeiro Sarau de Música e Poesia”. Os socioeducandos construíram as poesias, tendo como títulos: “Amor infinito” (em relação ao amor que está longe), “A natureza” (falando do campo, a tranquilidade de viver em contato com natureza), “Eu nasci lá” (o valor e as qualidades da terra da maçã), “Canto da Felicidade” (inspirado nas memórias da família na fazenda), com embasamento nos seus sentimentos e vivências.

As poesias foram construídas e ministradas durante as aulas de Língua Portuguesa, com auxílio da professora Dinacir Ribeiro e posteriormente nas atividades juntamente com os instrutores Edna Regiane Goetten, Alexandre Assis Pereira e pedagoga Lisiane Aparecida de Souza.

Participaram da banca avaliadora a Coordenadora do CEJA, Eliziane Abrahão, a professora e assessora da Direção do CEJA Curitibanos, Sandra Helena Rodrigues e Marlei Vieira da Silva, proprietária da empresa LS Terraplenagem.

Como reconhecimento pelo esforço dos socioeducandos, não houve apenas uma poesia vencedora, mas sim todas, pois sentimento não se avalia. Além das notas máximas, adolescentes e colaboradores receberam presentes da banca avaliadora.

A atividade de música foi apresentada pelos Educadores Alisson Ribeiro da Silva, Florindo Elias da Rosa, Edna Regiane Goetten, Alexandre Assis Pereira e pela pedagoga Lisiane Aparecida de Souza, que utilizaram para percussão instrumentos como violão, gaita de boca, chocalho e meia lua, confeccionada pelos adolescentes através do projeto de instrumentos recicláveis.

A música escolhida para a atividade foi ‘’AME MAIS, JULGUE MENOS’’, da cantora Marcela Taís, que possibilitou reflexões sobre a promoção de atitudes como compaixão e generosidade, destacando a importância da prática da empatia.

Foto Sarau 2

CONFECÇÃO DE OVOS DE PÁSCOA NO CASEP DE JOAÇABA 

Os socioeducandos do Casep de Joaçaba, com o auxílio dos colaboradores da Unidade, produziram ovos de colher para a Páscoa deste ano. A atividade, dividida em três partes, iniciou com a produção das casquinhas de chocolate. Na segunda etapa, as casquinhas foram recheadas com creme de maracujá, brigadeiro e beijinho e finalizadas com a embalagem.

Os ovos confeccionados serão distribuídos entre os socioeducandos e os colaboradores da Unidade. 

Joaçaba Páscoa

 

DECORAÇÃO DE PÁSCOA NO CASEP DE SÃO JOSÉ DO CEDRO

Os adolescentes do Casep de São José do Cedro fizeram a ornamentação da Unidade para a Páscoa.  O objetivo da atividade foi mostrar para os socioeducandos os diferentes símbolos pascais e explicar como a data é especial e importante.

Na atividade, produziram um mural com a frase “Páscoa é passagem, é educação, é ajudar gente a ser mais gente, é transformar a rotina da caminhada em esperança.” Também foram produzidas cestas e casquinhas coloridas, que serão presenteadas aos familiares dos socioeducandos.

Fotos Páscoa SJC

 

PROJETO PÁSCOA NA SEMILIBERDADE DE CAÇADOR

Os adolescentes da Casa de Semiliberdade de Caçador participaram de atividades para o Projeto Páscoa. Eles confeccionaram guirlandas com adereços pascais e também montaram um painel utilizando EVA, papelão e tinta.
As produções dos socioeducandos foram colocadas nas portas e paredes da Unidade.
O motivo da atividade foi desenvolver as habilidades dos adolescentes e também trabalhar a criatividade mostrando a eles o real motivo da Páscoa.

Fotos Páscoa Caçador

 

OFICINA DE PÁSCOA NA SEMILIBERDADE DE BLUMENAU

Com a participação dos socioeducandos, cozinheira, instrutor e educadores, a Casa de Semiliberdade de Blumenau desenvolveu atividades com motivos pascais, destacando-se a produção de ovos artesanais.

Aproveitando o momento de Páscoa  foi feita aquisição de materiais para produção de ovos de chocolate e trufas, bem como, criando-se o ambiente propício para discutir sobre o momento Pascal.

Através desta oficina, foi possível capacitar os adolescentes para a produção de ovos de páscoa, possibilitando o conhecimento para uma futura renda extra.

Fotos Páscoa Blumenau

Apicultura capa

O Centro de Atendimento Socioeducativo Regional de Criciúma desenvolve na Unidade o "Projeto Abelha Rainha”. Este é um projeto de apicultura realizado em parceria com o Instituto Federal Catarinense de Santa Rosa do Sul e tem como objetivo desenvolver reflexões e práticas junto aos adolescentes que cumprem medida socioeducativa de internação na Unidade, relacionadas à importância da meliponicultura.

O Projeto Abelha Rainha tem como foco os “meliponíneos”, que constituí um grupo de abelhas que são conhecidas popularmente como “abelhas sem ferrão”, “abelhas nativas” ou “abelhas indígenas”. Vivendo em colônias, apresentam o aparelho ferroador atrofiado, ou seja, não apresentam nenhum perigo durante a manipulação, podendo, inclusive, ocorrer o manejo em áreas urbanas.

Apicultura 1

Além dos conhecimentos técnicos, científicos e pedagógicos relacionados à atividade de meliponicultura, objetiva-se oportunizar aos adolescentes reflexões sobre geração de renda, lucro, ingresso no mercado de trabalho e, principalmente, por representar uma atividade econômica que caminha em direção à sustentabilidade.

Apicultura 8

DEASE - Departamento de Administração Socioeducativa

Rua Fúlvio Aducci, 1214 – 2º Andar – Estreito
Florianópolis - SC - CEP 88.075-000 - Fone: (48) 3664-5800
Horário de Atendimento: 12h às 19h
JSN Boot template designed by JoomlaShine.com